Publicidade

BlogTruques e Dicas

Categorias de conteúdo

Como congelar corretamente a comida

Com a correria do dia a dia e com o tempo contado entre casa, trabalho, trabalho, casa, se prepararmos a nossa comida com antecedência tudo se torna mais fácil. As famosas marmitas são muito práticas para ganhar tempo e aproveitar para fazer exercício, para limpar a casa, ou simplesmente para descansar. Para além disso, é uma excelente solução para quem está a fazer dieta porque podes planear as tuas refeições com antecedência. Mas como é que se deve congelar a comida? 




Muitas pessoas dizem que congelar a comida faz com que ela perca o sabor. Mas será verdade? Depende dos alimentos que estejas a congelar. Por exemplo, podem perder alguns nutrientes, mas na grande maioria das vezes isso não acontece. No entanto, há alguns ingredientes que não devem mesmo ser congelados como: café em pó, comida enlatada, queijos moles, ovos com casca e ervas verdes variadas (alface, rúcula, couve).


Antes de congelar

A comida a congelar deve ser separada na quantidade exata de cada refeição. Se congelares demasiada comida, além de ser mais difícil de descongelar, a qualidade não fica boa e não podes voltar a congelar a comida, pois perde sabor e qualidade. Depois do descongelamento, deves consumir os alimentos num prazo máximo de 36 horas. 

Para além disto, para que o processo se torne mais fácil deves etiquetar tudo o que congelares, de maneira a que possas identificar tudo. Deves por isso dividir os acompanhamentos do prato principal. Por exemplo, se prepares massa com carne, num recipiente deves colocar a massa e noutro a carne. 

No que se refere à higiene, deves ter atenção na forma como manuseias os alimentos e para um alimento estar congelado deve estar a uma temperatura de 18 a 20 graus negativos.  


Como embalar?

As embalagens são fundamentais para que os alimentos mantenham os seus nutrientes preservados, por isso, não pode ser usada uma embalagem qualquer. Deves escolher o material certo para as embalagens que vão guardar a tua comida. 

Podes optar por sacos de plástico, que devem ser resistentes e, preferencialmente, fecharem hermeticamente. 

Outra opção são os recipientes de plástico. Deves escolher os que são mais rígidos e que possam ser utilizados no micro-ondas. 

Por último, e mais recomendada, pelo facto de não ter plástico, são os recipientes de vidro. Com a mesma vantagem do plástico de poderem ir ao micro-ondas. 


Preferes comida congelada ou fresca? Partilha connosco no Instagram e Facebook

Publicidade

Conteúdo Relacionados



Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade